Transtorno de Compulsão Alimentar Pré Operatório e Perda de Peso após Cirurgia Bariátrica

prof

TRANSTORNO DE COMPULSÃO ALIMENTAR PRÉ OPERATÓRIO E PERDA DE PESO APÓS CIRURGIA BARIÁTRICA  

Este texto será dividido em 2 partes e foi baseado no artigo Preoperative Binge Eating and Weight Loss After Bariatric Surgery: A Systematic Review and Meta-analysis , publicado em 2020 na revista Obesity Surgery


    Vários estudos examinaram fatores psicológicos após a cirurgia bariátrica devido ao seu importante papel na manutenção de perda de peso induzida cirurgicamente. A prevalência de Transtornos Alimentares (TA) é ainda maior em indivíduos submetidos à bariátrica do que na população geral e o Transtorno de Compulsão Alimentar (TCA) é o segundo mais comum dos transtornos mentais, ocorrendo em 17% dos pacientes.

       No entanto, pesquisas anteriores produziram resultados conflitantes ao examinar se a presença de TCA em candidatos à cirurgia bariátrica estaria associada a menor perda de peso. Em 2012, uma meta-análise de 4 estudos (412 participantes) com diferentes medidas de avaliação do TCA revelaram que 5,9% dos pacientes tiveram maior perda de peso em 12 meses após a cirurgia.

    Muitos estudos subsequentes investigaram a associação entre o comer compulsivo pré-cirúrgico e a perda de peso com diferentes tempos de acompanhamento pós-cirúrgico. Entre 2.156 participantes do estudo no Multicentro de Avaliação Longitudinal de Cirurgia Bariátrica-2 (LABS-2) realizado em 2019, não houve efeitos significativos do comer compulsivo antes da cirurgia bariátrica como preditivo de menor perda de peso após 7 anos da realização da cirurgia bariátrica.

    O diagnóstico de TCA foi incluído na quinta edição do Manual de Diagnóstico e Estatística de Distúrbios Mentais (DSM-5) e requer a ocorrência de episódios de compulsão alimentar, pelo menos uma vez por semana durante 3 meses. Estes episódios de compulsão são definidos como a ingestão de uma grande quantidade de alimentos em um período muito curto. Além disso, um diagnóstico requer três dos cinco sintomas associados, e são eles: comer muito mais rápido que o normal; comer até se sentir desconfortavelmente cheio; comer grandes quantidades de alimentos quando não sentir fome física; comer sozinho devido ao constrangimento e sentir-se enojado ou muito culpado depois de comer demais.

    Neste contexto, uma revisão sistemática atualizada com meta-análise é necessária para elucidar se os indivíduos com TCA estão em risco de terem menos perda de peso no pós-operatório da cirurgia bariátrica. A presente pesquisa foi assim concebida para avaliar a associação entre Transtorno de Compulsão Alimentar diagnosticado antes da cirurgia bariátrica e perda de peso após a cirurgia. Como objetivos secundários, a pesquisa também objetivou avaliar essa associação potencial de TCA pré-operatório em diferentes tempos de acompanhamento pós cirurgia bariátrica, avaliar se essa associação pode ocorrer em diferentes métodos cirúrgicos, além da prevalência do TCA no pós-operatório.

Esses dados serão apresentados no próximo texto desta série. Não percam!


Revisão técnica: Fellipe Augusto de Lima Souza – CRP: 06/138263

Referência bibliográfica: Kops, N. L., Vivan, M. A., Fülber, E. R., Fleuri, M., Fagundes, J., & Friedman, R. (2020). Preoperative Binge Eating and Weight Loss After Bariatric Surgery: A Systematic Review and Meta-analysis. Obesity Surgery, 1-10.



Card image cap
Resultados adversos na gravidez e pós parto e a associação com transtornos alimentares

Artigo baseado no texto Eating disorders are associated with adverse obstetric and perinatal outcomes: a systematic review publicado em 2021 no Brazilian Journal of Psychiatry

Card image cap
O corpo questiona e a mente julga: Desejos por comida em Transtornos Alimentares

Esse texto foi baseado no artigo The body asks and the mind judges: Food cravings in eating disorders publicado em Janeiro de 2020 na L’Encéphale - journal of general Psychiatry.

Card image cap
Transtornos Alimentares em pacientes pós cirurgia bariátrica: A cirurgia bariátrica está envolvida no desenvolvimento de transtornos após o procedimento?

Este texto foi baseado no artigo The Development of Feeding and Eating Disorders after Bariatric Surgery: A Systematic Review and Meta-Analysis publicado em 2021 na Revista Nutrients.